quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Flamengo 1 x 1 Independiente (ARG)

Copa Sul-Americana de 2017 (Final): O empate não foi suficiente nem para levar o jogo para a prorrogação, e o resultado foi o segundo vice-campeonato do ano. O time abriu o placar, como no primeiro jogo, mas depois do empate mostrou desorganização e falta de maturidade para ganhar. No final da partida, a torcida fez vergonha e protagonizou um grande quebra quebra fora do estádio.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 21h45
Árbitro: Wilmar Roldán (Colômbia)
Público: 54.963 pagantes / 62.567 presentes

Flamengo: César, Pará, Réver, Juan e Trauco (Vinicius Junior); Cuéllar (Éverton Ribeiro), Willian Arão e Diego; Lucas Paquetá (Everton), Felipe Vizeu e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Independiente: Campaña, Bustos (Gastón Silva), Amorebieta, Alan Franco e Tagliafico; Diego Rodríguez, Domingo, Martín Benítez (Albertengo) e Meza (Sánchez Miño); Gigliotti e Barco. Técnico: Ariel Holan.

Gols:
1º tempo: Lucas Paquetá (Flamengo), aos 29 min.; e Barco (Independiente), aos 39 min. de pênalti.

Cartões amarelos: Juan, Everton e Vinicius Junior (Flamengo); Campaña, Meza, Albertengo e Barco (Independiente).
Cartão vermelho: Cuéllar (Flamengo).

Campeão: Independiente (ARG)
Vice: Flamengo
Artilheiro: Luís Rodrígues (Atlético Tucumán), Felipe Vizeu (Flamengo) e Jhon Cifuente (Universidad Católica-EQU)...5 gols

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Independiente (ARG) 2 x 1 Flamengo

Copa Sul-Americana de 2017 (Final): O time começou bem e até abriu o placar, mas levou a virada dos argentinos que, em casa, são muito perigosos. Com o resultado, o Flamengo terá que vencer por dois gols de diferença no Maraca para ser campeão.

Ficha técnica
Local: Estádio Libertadores da América - Avellaneda (Argentina)
Horário: 21h45
Árbitro: Mario Diaz de Vivar (Paraguai)
Público: Não divulgado

Independiente: Campaña, Bustos, Alan Franco (Amorebieta), Gastón Silva e Tagliafico; Diego Rodríguez, Meza (Domingo) e Sánchez Miño; Martín Benítez (Juan Martínez), Gigliotti e Barco. Técnico: Ariel Holan.

Flamengo: César, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego (Vinicius Junior); Éverton Ribeiro, Felipe Vizeu e Lucas Paquetá (Everton). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
1º tempo: Réver (Flamengo), aos 8 min.; e Gigliotti (Independiente), aos 28 min.
2º tempo: Meza (Independiente), aos 7 min.

Cartões amarelos: Diego (Flamengo); Tagliafico, Amorebieta e Bustos (Independiente).

domingo, 3 de dezembro de 2017

Vitória-BA 1 x 2 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: O time não foi brilhante, mas com a vitória se classificou direto para a fase de grupos da Libertadores de 2018. Isso dará tranquilidade para disputar o título da Sul-Americana contra o Independiente, da Argentina. O goleiro César, mais uma vez, foi o destaque.

Ficha técnica
Local: Barradão - Salvador (BA)
Horário: 17h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Público: 29.008 pagantes / 30.140 presentes

Vitória-BA: Fernando Miguel, Patric, Kanu, Ramon e Thallyson; Uillian Correia, Zé Welison, Yago (Neilton) e Carlos Eduardo (André Lima); Danilinho e Kiera (Caíque Sá). Técnico: Vagner Mancini.

Flamengo: César, Pará, Léo Duarte, Rafael Vaz e Trauco; Cuéllar (Geuvânio), Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro, Felipe Vizeu (Lincoln) e Lucas Paquetá (Vinicius Junior). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
1º tempo: Carlos Eduardo (Vitória-BA), aos 39 min.
2º tempo: Rafael Vaz (Flamengo), aos 30 min.; e Diego (Flamengo), aos 50 min. de pênalti.

Cartões amarelos: Diego e Lincoln (Flamengo); André Lima, Caíque Sá e Uillian Correia (Vitória-BA).
Cartão vermelho: Caíque Sá e Carlos Eduardo (Vitória-BA).

Classificação na 38ª rodada: 6º colocado / 56 pontos.

Campeão: Corinthians
Vice: Palmeiras
Artilheiros: Henrique Dourado (Fluminense) e Jô (Corinthians)...18 gols

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Junior Barranquilla (COL) 0 x 2 Flamengo

Copa Sul-Americana de 2017 (Semifinal): Os garotos da base fizeram a diferença e mais uma vez mostraram que o Flamengo não pode ser só um time de "estrangeiros", com jogadores de fora e sem história com o clube. O goleiro César, que não jogava há dois anos, e o atacante Felipe Vizeu foram os grandes destaques e garantiram o rubro-negro na final da competição.

Ficha técnica
Local: Estádio Metropolitano Roberto Meléndez - Barranquilla (Colômbia)
Horário: 22h30
Árbitro: Roberto Tobar (Chile)
Público: 38.454 presentes

Junior Barranquilla: Vieira, Murillo, Pérez, Arias e Germán Gutiérrez (Barrera); Narváez, Cantillo, Yony González (Luis Díaz) e Mier (Ovelar); Chará e Téo Gutiérrez. Técnico: Julio Comesaña.

Flamengo: César, Pará, Rhodolfo, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro (Márcio Araújo), Felipe Vizeu (Mancuello) e Lucas Paquetá (Rodinei). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
2º tempo: Felipe Vizeu (Flamengo), aos 6 min. e aos 46 min.

Cartões amarelos: Rhodolfo (Flamengo); Barrera (Junior Barranquilla).

domingo, 26 de novembro de 2017

Flamengo 1 x 2 Santos

Campeonato Brasileiro de 2017: O goleiro Alex Muralha foi o grande responsável pela derrota, de virada, ao falhar nos dois gols do time santista. Com a derrota, o Flamengo viu ficar mais longe a possibilidade de se classificar para a fase de grupos da Libertadores pelo Brasileirão. A saída, agora, é investir tudo na Sul-Americana.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 19h
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Público: 13.798 pagantes / 15.456 presentes

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Vinicius Junior) e Diego (Geuvânio); Éverton Ribeiro, Felipe Vizeu (Lincoln) e Lucas Paquetá. Técnico: Reinaldo Rueda.

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Luis Felipe, Noguera e Jean Mota; Alison, Renato e Vecchio (Kayke); Bruno Henrique (Matheus Jesus), Ricardo Oliveira e Copete (Arthur Gomes). Técnico: Elano.

Gols:
1º tempo: Lucas Paquetá (Flamengo), aos 7 min.; e Bruno Henrique (Santos), aos 10 min.
2º tempo: Arthur Gomes (Santos), aos 28 min.

Cartões amarelos: Diego, Felipe Vizeu e Réver (Flamengo); Jean Mota e Alison (Santos).

Classificação na 37ª rodada: 6º colocado / 53 pontos.

quinta-feira, 23 de novembro de 2017

Flamengo 2 x 1 Junior Barranquilla (COL)

Copa Sul-Americana de 2017 (Semifinal): Foi no sufoco. Mesmo vencendo de virada, o time não jogou bem. Para completar, o goleiro Diego Alves se contundiu e está fora da competição. A vitória deu a vantagem do empate para o rubro-negro no jogo da volta, na Colômbia.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: José Argote (Venezuela)
Público: 33.804 pagantes / 41.804 presentes

Flamengo: Diego Alves (Alex Muralha), Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro (Lucas Paquetá), Felipe Vizeu e Mancuello (Vinicius Junior). Técnico: Reinaldo Rueda.

Junior Barranquilla: Vieira, Murillo, Pérez, Arias e Germán Gutiérrez; Pico, Cantillo, Yony González e Mier (Luis Díaz); Chará e Téo Gutiérrez (James Sánchez). Técnico: Julio Comesaña.

Gols:
1º tempo: Téo Gutiérrez (Junior Barranquilla), aos 20 min.
2º tempo: Juan (Flamengo), aos 30 min.; e Felipe Vizeu (Flamengo), aos 36 min.

Cartões amarelos: Éverton Ribeiro (Flamengo); Murillo (Junior Barranquilla).

domingo, 19 de novembro de 2017

Flamengo 3 x 0 Corinthians

Campeonato Brasileiro de 2017: Com o campeão brasileiro desfigurado e um time misto, o rubro-negro não teve dificuldades em vencer. A vitória fez a equipe sonhar novamente com o G-4. A nota triste do jogo foi a briga entre o zagueiro Rhodolfo e o jovem atacante Felipe Vizeu, mostrando que o grupo não está unido e falta comando.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Público: 12.293 pagantes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Mancuello (Rodinei), Felipe Vizeu (Lincoln) e Geuvânio (Éverton Ribeiro). Técnico: Reinaldo Rueda.

Corinthians: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel, Felipe Bastos (Giovanni Augusto), Camacho e Marquinhos Gabriel (Pedrinho); Romero (Rodrigo Figueiredo) e Jô. Técnico: Fábio Carille.

Gols:
1º tempo: Mancuello (Flamengo), aos 20 min.; Diego (Flamengo), aos 33 min. de pênalti; e Felipe Vizeu (Flamengo), aos 45 min.

Cartões amarelos: Pará, Geuvânio, Rhodolfo e Rafael Vaz (Flamengo); Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Romero e Léo Príncipe (Corinthians).

Classificação na 36ª rodada: 6º colocado / 53 pontos.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Coritiba 1 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: Mais uma vergonha para a conta desse time sem sangue e vibração. A derrota o manteve na sétima posiçāo, porém, cada vez mais é sombria a classificação para a Libertadores. Sobra a esperança da Sul-Americana.

Ficha técnica
Local: Estádio Couto Pereira - Curitiba (PR)
Árbitro: Alex Ang Ribeiro (SP)
Público: 14.821 pagantes

Coritiba: Wilson, Léo, Cléber Reis, Werley e Thiago Carleto; Jonas, Alan Santos e Tiago Real; Dodô (Matheus Galdezani), Henrique Almeida (Kleber) e Rildo (Getterson). Técnico: Marcelo Oliveira.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Juan e Renê; Márcio Araújo (Vinicius Junior), Cuéllar e Diego (Geuvânio); Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá e Everton (Felipe Vizeu). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gol:
1º tempo: Cléber Reis (Coritiba), aos 7 min.

Cartões amarelos: Diego Alves, Renê, Vinicius Junior, Lucas Paquetá e Cuéllar (Flamengo); Thiago Carleto, Cléber Reis e Rildo (Coritiba).

Classificação na 35ª rodada: 7º colocado / 50 pontos.

domingo, 12 de novembro de 2017

Palmeiras 2 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: A derrota, pelo incrível que pareça, já era esperada por causa da falta de garra e identificação com a camisa do clube que esse time tem. Perder sem lutar está ficando natural.

Ficha técnica
Local: Allianz Parque - São Paulo (SP)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Público: 27.831 pagantes

Palmeiras: Fernando Prass, Mayke (Jean), Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Felipe Melo (Thiago Santos), Tchê Tchê (Zé Roberto) e Moisés; Keno, Deyverson e Dudu. Técnico: Alberto Valentim.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Renê (Rodinei); Willian Arão (Márcio Araújo), Cuéllar (Vinicius Junior) e Lucas Paquetá; Éverton Ribeiro, Felipe Vizeu e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
1º tempo: Deyverson (Palmeiras), aos 13 min. e aos 35 min.

Cartão amarelo: Renê (Flamengo).

Classificação na 34ª rodada: 7º colocado / 50 pontos.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Flamengo 2 x 0 Cruzeiro

Campeonato Brasileiro de 2017: O time, pelo menos, foi convincente mesmo sem ter feito um bom jogo. O destaque da partida foi o meia Everton, que fez um gol e deu um belo passe para o outro. O menino Lincoln, da base e com 16 anos, foi relacionado para o banco de reservas dos profissionais pela primeira vez.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Arena do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Público: 5.910 pagantes / 7.111 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Lucas Paquetá (Vinicius Junior); Éverton Ribeiro (Rodinei), Felipe Vizeu e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Cruzeiro: Fábio, Ezequiel, Manoel, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Romero, Robinho (Jonata), Thiago Neves e Alisson (Élber); Rafael Marques (Rafael Sobis). Técnico: Mano Menezes.

Gols:
1º tempo: Everton (Flamengo), aos 36 min.
2º tempo: Vinicius Junior (Flamengo), aos 48 min.

Cartões amarelos: Rhodolfo e Lucas Paquetá (Flamengo); Henrique, Manoel e Rafael Sobis (Cruzeiro).

Classificação na 33ª rodada: 7º colocado / 50 pontos.

domingo, 5 de novembro de 2017

Grêmio 3 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: É definitivamente um time sem sangue. A defesa é sofrível e foi responsável pela derrota de virada.

Ficha técnica
Local: Arena do Grêmio - Porto Alegre (RS)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Público: 18.199 pagantes / 19.973 presentes

Grêmio: Paulo Victor, Edilson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Michel, Arthur, Ramiro (Léo Moura) e Luan; Fernandinho (Everton) e Jael (Beto da Silva). Técnico: Renato Gaúcho.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Rafael Vaz e Renê (Vinicius Junior); Márcio Araújo, Cuéllar (Lucas Paquetá) e Willian Arão (Geuvânio); Éverton Ribeiro, Felipe Vizeu e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
2º tempo: Éverton Ribeiro (Flamengo), a 1 min.; Everton (Grêmio), aos 24 min. e aos 26 min.; e Luan (Grêmio), aos 37 min.

Classificação na 32ª rodada: 7º colocado / 47 pontos.

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Flamengo 3 x 3 Fluminense

Copa Sul-Americana de 2017 (Quartas de final): O time demorou a despertar e colocou em risco a classificação por ser sonolento no jogo. Desta vez, o técnico Reinaldo Rueda foi feliz nas substituições ao colocar os garotos da base no segundo tempo. Vinicius Junior e Lucas Paquetá mostraram o que é jogar uma partida decisiva pelo Flamengo e deram raça à equipe, que agora está na semifinal da competição.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Patricio Lostau (Argentina)
Público: 34.695 pagantes / 41.087 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Juan (Rafael Vaz) e Trauco (Vinicius Junior); Cuéllar (Lucas Paquetá), Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro, Felipe Vizeu e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Fluminense: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon; Richard, Douglas (Pedro), Sornoza (Wendel), Gustavo Scarpa e Marcos Júnior (Romarinho); Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Gols:
1º tempo: Lucas (Fluminense), aos 2 min.; Diego (Flamengo), aos 9 min.; e Renato Chaves (Fluminense), aos 40 min.
2º tempo: Renato Chaves (Fluminense), aos 9 min.; Felipe Vizeu (Flamengo), aos 22 min.; e Willian Arão (Flamengo), aos 38 min.

Cartões amarelos: Everton, Willian Arão, Felipe Vizeu, Diego Alves e Lucas Paquetá (Flamengo); Douglas, Lucas, Henrique Dourado, Reginaldo, Richard e Marlon (Fluminense).

domingo, 29 de outubro de 2017

Flamengo 0 x 0 Vasco

Campeonato Brasileiro de 2017: Foi um clássico feio e cheio de erros. O Flamengo jogou ligeiramente melhor no segundo tempo, mas não teve competência para ganhar a partida por causa de seus atacantes. Foi a primeira vez que o ex-técnico Zé Ricardo atuou contra o rubro-negro.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 20.571 pagantes / 24.813 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Juan e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá (Felipe Vizeu) e Everton (Vinicius Junior). Técnico: Reinaldo Rueda.

Vasco: Martín Silva, Madson, Paulão, Anderson Martins e Ramon; Jean, Wellington, Mateus Vital, Yago Pikachu (Gilberto) e Nenê (Manga Escobar); Andrés Ríos (Caio Monteiro). Técnico: Zé Ricardo.

Cartões amarelos: Juan (Flamengo); Wellington (Vasco).

Classificação na 31º rodada: 7º colocado / 47 pontos.

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Fluminense 0 x 1 Flamengo

Copa Sul-Americana de 2017 (Quartas de final): Mesmo sem jogar bem, o time arrumou uma vitória "fora" de casa e ganhou a vantagem do empate no jogo da volta, no mesmo Maracanã.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Mario Díaz de Vivar (Paraguai)
Público: 27.014 pagantes / 30.946 presentes

Fluminense: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon (Robinho); Richard, Orejuela (Wendel), Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Júnior (Wellington Silva) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver (Rhodolfo), Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Éverton Ribeiro, Lucas Paquetá (Felipe Vizeu) e Everton (Márcio Araújo). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gol:
1º tempo: Everton (Flamengo), aos 26 min.

Cartões amarelos: Lucas Paquetá, Trauco e Pará (Flamengo); Marcos Júnior, Wellington Silva e Renato Chaves (Fluminense).

domingo, 22 de outubro de 2017

São Paulo 2 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: O time não empolga e é apático em campo. Reinaldo Rueda inventou ao iniciar o jogo com um ataque formado por Éverton Ribeiro e Geuvânio.

Ficha técnica
Local: Pacaembu - São Paulo (SP)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Público: 31.285 pagantes

São Paulo: Sidão, Militão (Aderllan), Arboleda, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Petros, Cueva (Jonatan Gomez), Hernanes e Marcos Guilherme (Denilson); Lucas Pratto. Técnico: Dorival Júnior.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Cuéllar, Willian Arão, Berrío (Diego) e Everton (Gabriel); Éverton Ribeiro e Geuvânio (Lucas Paquetá). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
1º tempo: Lucas Pratto (São Paulo), aos 13 min.; e Hernanes (São Paulo), aos 39 min.

Cartões amarelos: Cuéllar (Flamengo); Sidão (São Paulo).

Classificação na 30ª rodada: 7º colocado / 46 pontos.

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Flamengo 4 x 1 Bahia

Campeonato Brasileiro de 2017: O resultado não refletiu a atuação do time, que jogou mal. Mesmo que ainda tímido, o destaque foi o meia Diego. Réver fez um belo gol de cabeça.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Público: 6.951 pagantes / 8.282 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego (Rômulo); Berrío (Éverton Ribeiro), Guerrero (Lucas Paquetá) e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Bahia: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson, Renê Júnior, Vinicius (Régis) e Zé Rafael (Allione); Mendoza e Edigar Junio (Hernane). Técnico: Paulo César Carpegiani.

Gols:
2º tempo: Réver (Flamengo), aos 5 min.; Mendoza (Bahia), aos 23 min. de pênalti; Réver (Flamengo), aos 31 min.; e Diego (Flamengo), aos 39 min. de pênalti e aos 41 min.

Cartões amarelos: Willian Arão, Guerrero, Diego, Éverton Ribeiro e Juan (Flamengo); Juninho Capixaba, Renê Júnior, Lucas Fonseca e Eduardo (Bahia).

Classificação na 29ª rodada: 6º colocado / 46 pontos.

domingo, 15 de outubro de 2017

Chapecoense 0 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: Depois de três jogos sem vencer na competição, o time arrancou um bom resultado fora de casa mesmo sem jogar bem. A equipe não tem compromisso com a vitória e joga burocraticamente o tempo inteiro.

Ficha técnica
Local: Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Público: 9.857 pagantes / 10.484 presentes

Chapecoense: Jandrei, Apodi, Douglas, Fabrício Bruno e Reinaldo; Elicarlos (Lucas Marques), Lucas Mineiro e Canteros; Arthur Caike (Rodrigo Alves), Wellington Paulista e Túlio de Melo (Penilla). Técnico: Emerson Cris (interino).

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego (Gabriel); Éverton Ribeiro (Rômulo), Guerrero e Everton (Berrío). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gol:
2º tempo: Diego (Flamengo), aos 35 min.

Cartões amarelos: Márcio Araújo e Berrío (Flamengo); Elicarlos e Arthur Caike (Chapecoense).

Classificação na 28ª rodada: 7º colocado / 43 pontos.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Flamengo 1 x 1 Fluminense

Campeonato Brasileiro de 2017: O técnico Reinaldo Rueda inventou e quase perdeu o jogo por causa da experiência que fez, principalmente, no primeiro tempo quando colocou Rômulo no meio de campo e Pará na lateral esquerda. Pará fez um golaço, contra.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Público: 32.747 pagantes / 38.629 presentes

Flamengo: Diego Alves, Rodinei (Guerrero), Réver, Juan e Pará; Márcio Araújo (Trauco), Rômulo (Willian Arão) e Éverton Ribeiro; Berrío, Lucas Paquetá e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Fluminense: Diego Cavalieri, Lucas, Gum (Nogueira), Reginaldo e Marlon; Richard, Douglas, Sornoza, Gustavo Scarpa (Peu) e Marcos Júnior (Romarinho); Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Gols:
2º tempo: Pará (Flamengo), aos 8 min., contra; e Réver (Flamengo), aos 23 min.

Cartões amarelos: Lucas Paquetá e Berrío (Flamengo); Douglas, Marcos Júnior, Reginaldo e Lucas (Fluminense).

Classificação na 27ª rodada: 7º colocado / 40 pontos.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Ponte Preta 1 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: Vergonha. O time não tem raça, não joga como Flamengo. A equipe tem a posse da bola, mas é sem atitude. A derrota, para um adversário que estava na zona de rebaixamento e com um jogador a menos, tirou a chance de se aproximar do G-4.

Ficha técnica
Local: Estádio Moisés Lucarelli - Campinas (SP)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Público: 10.381 pagantes / 11.133 presentes

Ponte Preta: Aranha, Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Jeferson; Elton (Yago), Wendel (Naldo) e Jorge Mendoza (Jean Patrick): Danilo Barcelos, Lucca e Emerson. Técnico: Eduardo Baptista.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Réver e Renê; Márcio Araújo (Vinicius Junior), Willian Arão e Diego (Felipe Vizeu); Geuvánio (Gabriel), Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro. Técnica: Reinaldo Rueda.

Gol:
2º tempo: Jean Patrick (Ponte Preta), aos 8 min.

Cartões amarelos: Renê, Pará e Márcio Araújo (Flamengo); Jorge Mendoza, Jeferson, Danilo Barcelos, Luan Peres e Wendel (Ponte Preta).
Cartão vermelho: Naldo (Ponte Preta).
Classificação na 26ª rodada: 7º colocado / 39 pontos.

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Cruzeiro 0 x 0 Flamengo

Copa do Brasil de 2017 (Final): Depois de 13 anos, o Flamengo voltou a perder uma decisão da competição e se tornou tetra vice. Diego, que perdeu um pênalti, e Muralha, que pulou para o mesmo lado em todas as cobranças, foram os principais responsáveis pelo vexame.

Ficha técnica
Local: Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Público: 56.596 pagantes / 61.146 presentes

Cruzeiro: Fábio, Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Hudson, Henrique, Thiago Neves, Robinho (Rafael) e Alisson (Élber); Raniel (Arrascaeta). Técnico: Mano Menezes.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Berrío (Rodinei), Guerrero e Everton (Lucas Paquetá). Técnico: Reinaldo Rueda.

Cartões amarelos: Pará e Guerrero (Flamengo); Ezequiel e Hudson (Cruzeiro).

Nos pênaltis (Cruzeiro 5 x 3 Flamengo): Guerrero, Juan e Trauco (Flamengo); Henrique, Léo, Hudson, Diogo Barbosa e Thiago Neves (Cruzeiro).
Perdeu o pênalti: Diego (Flamengo).

Campeão: Cruzeiro
Vice: Flamengo
Artilheiros: Rafael Sobis (Cruzeiro), Leonardo (Goiás) e Lucas Barrios (Grêmio)...5 gols

sábado, 23 de setembro de 2017

Flamengo 1 x 1 Avaí

Campeonato Brasileiro de 2017: Com um time misto, poupado para a grande final da Copa do Brasil, o empate tirou o Flamengo do G-6, grupo que classifica para a Libertadores.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
Público: 8.033 pagantes / 9.584 presentes

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo e Renê; Márcio Araújo, Mancuello (Felipe Vizeu) e Éverton Ribeiro; Gabriel (Vinicius Junior), Lucas Paquetá e Matheus Sávio (Geuvânio). Técnico: Reinaldo Rueda.

Avaí: Douglas, Leandro Silva, Alemão, Betão e Capa; Judson, Simião (Luanzinho), Pedro Castro e Juan (Willians Santana); Joel (Lucas Otávio) e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira.

Gols:
1º tempo: Pedro Castro (Avaí), aos 17 min.
2º tempo: Rodinei (Flamengo), aos 35 min.

Cartões amarelos: Gabriel e Berrío (Flamengo).
Classificação na 25ª rodada: 7º colocado / 39 pontos.

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Flamengo 4 x 0 Chapecoense

Copa Sul-Americana de 2017 (Oitavas de final): Foi uma classificação tranquila para as quartas de final, como deveria ser. O destaque da partida foi o zagueiro Juan, que voltou a jogar o fino da bola.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Michael Espinoza (Peru)
Público: 10.600 pagantes / 12.039 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Trauco; Cuéllar, Willian Arão e Diego (Vinicius Junior); Berrío (Gabriel), Guerrero (Lucas Paquetá) e Éverton Ribeiro. Técnico: Reinaldo Rueda.

Chapecoense: Jandrei, Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Diego Renan; Moisés Ribeiro (Luiz Antônio), Lucas Mineiro e Lucas Marques; Arthur Caike (Alan Ruschel), Wellington Paulista e Penilla (Júlio César). Técnico: Emerson Cris (interino).

Gols:
1º tempo: Cuéllar (Flamengo), aos 6 min.; e Willian Arão (Flamengo), aos 21 min.
2º tempo: Juan (Flamengo), aos 17 min.; e Lucas Paquetá (Flamengo), aos 43 min.

Cartões amarelos: Éverton Ribeiro e Diego (Flamengo); Apodi e Wellington Paulista (Chapecoense).

domingo, 17 de setembro de 2017

Flamengo 2 x 0 Sport

Campeonato Brasileiro de 2017: Foi uma vitória tranquila e que manteve o time na zona de classificação para a Libertadores do ano que vem. Guerrero voltou a marcar após seis jogos de jejum.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araújo (SP)
Público: 7.220 pagantes / 9.029 presentes

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão (Berrío) e Diego (Lucas Paquetá); Éverton Ribeiro, Guerrero e Gabriel (Cuéllar). Técnico: Reinaldo Rueda.

Sport: Magrão, Raul Prata, Ronaldo Alves, Durval e Mena; Patrick, Rithely (Anselmo), Lenis (Thallyson) e Wesley; Osvaldo (Rogério) e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Gols:
1º tempo: Guerrero (Flamengo), aos 9 min.
2º tempo: Éverton Ribeiro (Flamengo), aos 48 min.

Cartões amarelos: Rithely, Wesley e Patrick (Sport).
Cartão vermelho: Patrick (Sport).
Classificação na 24ª rodada: 5º colocado / 38 pontos.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Chapecoense 0 x 0 Flamengo

Copa Sul-Americana de 2017 (Oitavas de final): O empate com o atual campeão da competição acabou sendo um bom negócio porque o time levou pressão, principalmente, no segundo tempo.

Ficha técnica
Local: Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro: Gery Vargas (Bolívia)
Público: 9.702 pagantes

Chapecoense: Jandrei, Apodi, Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Moisés Ribeiro (Lucas Marques), Canteros e Lucas Mineiro; Alan Ruschel (Luiz Antônio), Wellington Paulista e Túlio de Melo (Penilla). Técnico: Emerson Cris (interino).

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Réver, Juan e Pará; Cuéllar, Willian Arão (Éverton Ribeiro) e Diego; Berrío (Lucas Paquetá), Guerrero e Everton (Vinicius Junior). Técnico: Reinaldo Rueda.

Cartões amarelos: Guerrero, Réver, Cuéllar e Éverton Ribeiro (Flamengo); Reinaldo e Fabrício Bruno (Chapecoense).

domingo, 10 de setembro de 2017

Botafogo 2 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: Recheado de reservas, o time não teve forças para vencer os titulares do Botafogo, que desde de 2015 não ganhava do Flamengo.

Ficha técnica
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 5.155 pagantes / 6.311 presentes

Botafogo: Gatito Fernández, Arnaldo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Matheus Fernandes, Bruno Silva, Leandrinho (Dudu Cearense) e Leo Valencia (Fernandes); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Cuéllar, Rômulo (Willian Arão) e Éverton Ribeiro; Geuvânio (Berrío), Guerrero e Matheus Sávio (Everton). Técnico: Reinaldo Rueda.

Gols:
2º tempo: Roger (Botafogo), aos 10 min., e aos 23 min.

Classificação na 23ª rodada: 5º colocado / 35 pontos.

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Flamengo 1 x 1 Cruzeiro

Copa do Brasil de 2017 (Final): Mesmo com casa cheia, o time não empolgou. Não conseguiu vencer a organizada equipe mineira que, claramente, jogou pelo empate para levar a decisão, em aberto, para Minas. Na maldição dos goleiros, quem falhou agora foi o jovem Thiago.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Público: 56.135 pagantes / 66.165 presentes

Flamengo: Thiago, Rodinei (Vinicius Junior), Réver, Juan e Pará; Márcio Araújo (Cuéllar), Willian Arão e Diego; Berrío, Lucas Paquetá (Gabriel) e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Cruzeiro: Fábio, Ezequiel, Léo, Murilo e Diego Barbosa; Henrique, Hudson, Robinho, Alisson (Rafinha) e Thiago Neves (Arrascaeta); Rafael Sobis (Raniel). Técnico: Mano Menezes.

Gols:
2º tempo: Lucas Paquetá (Flamengo), aos 30 min.; e Arrascaeta (Cruzeiro), aos 38 min.

Cartões amarelos: Everton (Flamengo); Rafael Sobis, Arrascaeta e Raniel (Cruzeiro).

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Flamengo 1 x 1 Paraná

Copa da Primeira Liga de 2017 (Quartas de final): Visando a final da Copa do Brasil, o técnico Reinaldo Rueda pôs em campo um time recheado de jovens. A derrota, nos pênaltis, eliminou o Flamengo da competição. O goleiro Alex Muralha foi muito criticado por sua atuação.

Ficha técnica
Local: Estádio Kleber Andrade - Cariacica (ES)
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Público: 9.834 pagantes

Flamengo: Alex Muralha, Gabriel, Rafael Vaz, Léo Duarte (Thuler) e Kleber; Márcio Araújo, Rômulo e Éverton Ribeiro; Geuvânio (Conca), Felipe Vizeu (Lucas Paquetá) e Vinicius Junior. Técnico: Reinaldo Rueda.

Paraná: Richard, Cristovam, Maidana, Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias e Renatinho; Robson (Murilo Rangel), Alemão e Minho (Vinicius Kiss) (Vitor Feijão). Técnico: Lisca.

Gols:
2º tempo: Éverton Ribeiro (Flamengo), aos 19 min. de pênalti; e Renatinho (Paraná), aos 20 min.

Cartões amarelos: Rômulo (Flamengo); Maidana e Igor (Paraná).

Nos pênaltis (Flamengo 4 x 5 Paraná): Rafael Vaz, Gabriel, Conca e Éverton Ribeiro (Flamengo); Renatinho, Leandro Vilela, Brock, Alemão e Vitor Feijão (Paraná).
Perderam os pênaltis: Vinicius Junior e Lucas Paquetá (Flamengo); Murilo Rangel (Paraná).

Campeão: Londrina
Vice: Atlético-MG
Artilheiro: Renatinho (Paraná)...3 gols

domingo, 27 de agosto de 2017

Flamengo 2 x 0 Atlético-PR

Campeonato Brasileiro de 2017: Comandado por Rueda em quatro jogos, o time ainda não perdeu e não tomou gols. Guerrero completou cem jogos com a camisa do Flamengo.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Público: 8.428 pagantes / 10.199 presentes

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Rhodolfo, Juan e Pará; Cuéllar (Vinicius Junior), Willian Arão e Diego (Éverton Ribeiro); Berrío (Rômulo), Guerrero e Everton. Técnico: Reinaldo Rueda.

Atlético-PR: Weverton, Zé Ivaldo, Wanderson, Paulo André e Fabrício; Esteban Pavez, Eduardo Henrique (Matheus Rosette), Sidcley (Pablo), Guilherme e Nikão; Ribamar (Douglas Coutinho). Técnico: Fabiano Soares.

Gols:
1º tempo: Diego (Flamengo), aos 17 min.; e Willian Arão (Flamengo), aos 31 min.

Cartões amarelos: Paulo André e Esteban Pavez (Atlético-PR).
Classificação na 22ª rodada: 5º colocado / 35 pontos.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Flamengo 1 x 0 Botafogo

Copa do Brasil de 2017 (Semifinal): Com o Maracanã lotado e a volta de Guerrero, após contusão, o time voltou a mostrar obediência tática, com a defesa consistente. O destaque do jogo foi o drible de Berrío no passe para o único gol da partida. O rubro-negro decidirá a competição contra o Cruzeiro.

Ficha técnica
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Público: 47.573 pagantes / 53.148 presentes

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver (Rafael Vaz), Juan e Pará; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Berrío (Vinicius Junior), Guerrero e Everton (Rômulo). Técnico: Reinaldo Rueda.

Botafogo: Gatito Fernández, Luis Ricardo, Marcelo, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindos (Gilson), Matheus Fernandes (Leandrinho), Bruno Silva e João Paulo; Guilherme (Vinícius Tanque) e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Gol:
2º tempo: Diego (Flamengo), aos 25 min.

Cartões amarelos: Guerrero (Flamengo); Roger, Bruno Silva e Leandrinho (Botafogo).

sábado, 19 de agosto de 2017

Flamengo 2 x 0 Atlético-GO

Campeonato Brasileiro de 2017: A noite foi do jovem Vinicius Junior, que parece ter desencantado. O time, sem vários titulares por causa da semifinal da Copa do Brasil, não foi brilhante, mas a vitória o levou novamente ao G-6.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Público: 5.969 pagantes / 7.082 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Rhodolfo e Rafael Vaz (Renê) (Rodinei); Márcio Araújo, Willian Arão, Lucas Paquetá e Éverton Ribeiro; Geuvânio (Diego) e Vinicius Junior. Técnico: Reinaldo Rueda.

Atlético-GO: Felipe, Jonathan (André Castro), Gilvan, William Alves e Bruno Pacheco; Igor, Paulinho, Andrigo (Breno Lopes), Jorginho e Diego Rosa (Luiz Fernando); Walter. Técnico: João Paulo Sanches.

Gols:
2º tempo: Vinicius Junior (Flamengo), aos 10 min. e aos 29 min.

Cartões amarelos: Vinicius Junior e Márcio Araújo (Flamengo); Andrigo, Igor e Jonathan (Atlético-GO).
Classificação na 21ª rodada: 5º colocado / 32 pontos.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Botafogo 0 x 0 Flamengo

Copa do Brasil de 2017 (Semifinal): A estreia do técnico Reinaldo Rueda teve um time dedicado em campo e com uma defesa mais sólida. De cara, o novo treinador barrou Pará, Trauco e Márcio Araújo. O empate sem gols beneficiou o Botafogo.

Ficha técnica
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público: 26.575 pagantes / 28.757 presentes

Botafogo: Gatito Fernández, Luis Ricardo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes (Gilson) e João Paulo; Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcelo). Técnico: Jair Ventura.

Flamengo: Alex Muralha, Rodinei, Réver, Juan e Renê; Willian Arão, Cuéllar e Diego; Berrío (Márcio Araújo), Felipe Vizeu e Everton (Vinicius Junior) (Thiago). Técnico: Reinaldo Rueda.

Cartões amarelos: Diego (Flamengo); Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes, Joel Carli e Rodrigo Pimpão (Botafogo).
Cartões vermelhos: Alex Muralha (Flamengo); Joel Carli (Botafogo).

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Campeão da Libertadores, Reinaldo Rueda vem para arrumar o Fla e substituir Zé Ricardo

O novo técnico do Flamengo foi campeão da Libertadores de 2016 dirigindo o Atlético Nacional, de Medellín. O colombiano Reinaldo Rueda, de 60 anos, tem como principal característica montar equipes ofensivas, e assinou contrato com o rubro-negro até o fim de 2018.

domingo, 13 de agosto de 2017

Atlético-MG 2 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: Na primeira rodada do returno, a derrota tirou o time do G-6, a zona de classificação da Libertadores. A equipe voltou a jogar mal, foi apática, desorganizada e com uma defesa sofrível, perdida.

Ficha técnica
Local: Estádio Independência - Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Público: 11.031 pagantes

Atlético-MG: Victor, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel (Felipe Santana) e Fábio Santos; Rafael Carioca, Adilson (Otero), Elias e Cazares; Luan (Yago) e Rafael Moura. Técnico: Rogério Micale.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão e Éverton Ribeiro; Berrío (Cuéllar), Felipe Vizeu (Vinicius Junior) e Geuvânio (Renê). Técnico: Jayme de Almeida (interino).

Gols:
1º tempo: Fábio Santos (Atlético-MG), aos 15 min. de pênalti.
2º tempo: Rafael Moura (Atlético-MG), aos 8 min.

Cartões amarelos: Trauco e Rhodolfo (Flamengo); Gabriel, Adilson, Rafael Carioca e Robinho (Atlético-MG).
Cartão vermelho: Trauco (Flamengo).
Classificação na 20ª rodada: 7º colocado / 29 pontos.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Flamengo 5 x 0 Palestino (CHI)

Copa Sul-Americana de 2017 (2ª Fase): No primeiro jogo sem o comando de Zé Ricardo, que não resistiu à pressão das derrotas, o time mostrou mais garra e dedicação em campo, apesar do fraco adversário. Foi uma vitória fácil em que o jovem Vinicius Junior, finalmente, fez seu primeiro gol como profissional com a camisa do Flamengo.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Andrés Rojas (Colômbia)
Público: 5.170 pagantes / 6.074 presentes

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Rhodolfo, Juan e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão e Éverton Ribeiro (Lucas Paquetá); Geuvânio (Berrío), Felipe Vizeu e Everton (Vinicius Junior). Técnico: Jayme de Almeida (interino).

Palestino: Darío Melo, Arario (Angel Melo), Toro, Tapia, Diego Torres e Cereceda; Fernández, Diego Gutiérrez, Sandoval (Romo) e Carmona; Roberto Gutiérrez. Técnico: Germán Cavalieri.

Gols:
1º tempo: Felipe Vizeu (Flamengo), aos 3 min.; Geuvânio (Flamengo), aos 9 min.; Éverton Ribeiro (Flamengo), aos 41 min.; e Willian Arão (Flamengo), aos 43 min.
2º tempo: Vinicius Junior (Flamengo), aos 27 min.

Cartão amarelo: Fernández (Palestino).

domingo, 6 de agosto de 2017

Flamengo 0 x 2 Vitória-BA

Campeonato Brasileiro de 2017: Perder para um time que briga para não ser rebaixado, e em casa, na última rodada do turno tirou a paciência que ainda restava à torcida. Gritos de "fora, Zé Ricardo" e "olé" tornaram o clima na Ilha do Urubu tenso. O técnico, muito criticado, não tem convicção para montar o time.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Público: 16.521 pagantes / 18.183 presentes

Flamengo: Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Réver e Trauco; Willian Arão (Lucas Paquetá), Éverton Ribeiro e Diego; Geuvânio (Berrío), Felipe Vizeu e Everton (Vinicius Junior). Técnico: Zé Ricardo.

Vitória-BA: Fernando Miguel, Caíque Sá, Kanu, Wallace e Geferson; Ramon, Fillipe Soutto e Yago (Patric); Neilton (Júnior), Tréllez e David (Renê Santos). Técnico: Vagner Mancini.

Gols:
1º tempo: Yago (Vitória-BA), aos 40 min.
2º tempo: Neilton (Vitória-BA), aos 20 min. de pênalti.

Cartões amarelos: Everton, Réver, Diego e Berrío (Flamengo); Yago e Wallace (Vitória-BA).
Classificação na 19ª rodada: 5º colocado / 29 pontos.

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Santos 3 x 2 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: A defesa continua errando muito e o time não tem um esquema tático definido, trabalha apenas com os chuveirinhos na área. O resultado da desorganização foi mais uma derrota, que provocou a revolta da torcida contra o técnico Zé Ricardo e os jogadores.

Ficha técnica
Local: Pacaembu - São Paulo (SP)
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Público: 24.707 pagantes / 27.030 presentes

Santos: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota (Kayke); Yuri (Zeca), Renato (Alison) e Lucas Lima; Copete, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi.

Flamengo: Diego Alves, Rodinei, Réver, Juan e Renê (Berrío); Márcio Araújo, Willian Arão e Diego (Pará); Éverton Ribeiro, Guerrero (Felipe Vizeu) e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
2º tempo: Bruno Henrique (Santos), aos 8 min.; Éverton Ribeiro (Flamengo), aos 11 min.; Felipe Vizeu (Flamengo), aos 21 min.; Alison (Santos), aos 39 min.; e Ricardo Oliveira (Santos), aos 42 min.

Cartões amarelos: Rodinei, Diego e Everton (Flamengo); Yuri, Lucas Lima e David Braz (Santos).
Cartões vermelhos: Rodinei (Flamengo); David Braz (Santos).
Classificação na 18ª rodada: 5º colocado / 29 pontos.

domingo, 30 de julho de 2017

Corinthians 1 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: Na estreia do goleiro Diego Alves, o time não foi bem no primeiro tempo, mas dominou o segundo e poderia ter virado o jogo. O empate teve gosto amargo.

Ficha técnica
Local: Arena Corinthians - São Paulo (SP)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 44.682 pagantes / 45.110 presentes

Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel (Camacho), Maycon, Marquinhos Gabriel (Giovanni Augusto), Rodriguinho e Clayson (Pedrinho); Jô. Técnico: Fábio Carille.

Flamengo: Diego Alves, Pará, Réver, Juan e Trauco (Berrío); Márcio Araújo, Cuéllar (Willian Arão) e Diego (Vinicius Junior); Éverton Ribeiro, Guerrero e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
1º tempo: Jô (Corinthians), aos 22 min.
2º tempo: Réver (Flamengo), aos 26 min.

Cartão amarelo: Diego (Flamengo).
Classificação na 17ª rodada: 5º colocado / 29 pontos.

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Santos 4 x 2 Flamengo

Copa do Brasil de 2017 (Quartas de final): Por pouco o time deixou a classificação para a semifinal escapar por incompetência do técnico, que escalou Muralha e insiste com Rafael Vaz na zaga. A equipe foi envolvida durante quase todo o jogo, uma vergonha.

Ficha técnica
Local: Vila Belmiro - Santos (SP)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Público: 12.507 presentes

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Yuri (Rafael Longuine), Vecchio (Léo Cittadini) e Lucas Lima; Copete, Ricardo Oliveira (Vladimir Hernández) e Bruno Henrique. Técnico: Levir Culpi.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar (Willian Arão) e Diego; Berrío (Rodinei), Guerrero e Everton (Gabriel). Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
1º tempo: Berrío (Flamengo), aos 9 min.; e Bruno Henrique (Santos), aos 33 min.
2º tempo: Guerrero (Flamengo), a 1 min.; Copete (Santos), aos 8 min.; Victor Ferraz (Santos), aos 9 min.; e Copete (Santos), aos 48 min.

Cartões amarelos: Berrío, Alex Muralha, Guerrero e Márcio Araújo (Flamengo); Victor Ferraz, David Braz e Lucas Veríssimo (Santos).

sábado, 22 de julho de 2017

Flamengo 2 x 1 Coritiba

Campeonato Brasileiro de 2017: Na estreia do novo terceiro uniforme do time, uma vitória sofrida, nos acréscimos. A equipe continua mostrando que não tem tática e estratégia. Jogou mal mais uma vez.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Público: 11.722 pagantes / 13.014 presentes

Flamengo: Thiago, Pará, Juan, Rafael Vaz e Trauco; Willian Arão, Rômulo (Lucas Paquetá) e Éverton Ribeiro; Berrío (Vinicius Junior), Guerrero e Geuvânio (Felipe Vizeu). Técnico: Zé Ricardo.

Coritiba: Wilson, Léo, Márcio, Luizão e William Matheus; Jonas, Alan Santos (Neto Berola), Matheus Galdezani e Tomas Bastos; Rildo (Filigrana) e Henrique Almeida (Alecsandro). Técnico: Robson Gomes (interino).

Gols:
1º tempo: Berrío (Flamengo), aos 6 min.
2º tempo: Henrique Almeida (Coritiba), a 1 min.; e Éverton Ribeiro (Flamengo), aos 46 min. de pênalti.

Cartões amarelos: Willian Arão (Flamengo); Luizão, Tomas Bastos, Wilson, William Matheus, Rildo e Alecsandro (Coritiba).
Classificação na 16ª rodada: 4º colocado / 28 pontos.

sexta-feira, 21 de julho de 2017

Amarela, com detalhes azuis, nova terceira camisa do Fla faz referência à fundação do clube

O novo uniforme número três é predominantemente amarelo, com detalhes azuis nas mangas e na gola, e faz referência às cores da fundação do clube, em 1895, e às arquibancadas do Maracanã. A camisa será usada pela primeira vez no jogo contra o Coritiba, na Ilha do Urubu. Em 1997, o Flamengo lançou uma camisa com as cores azuis, listras rubro-negras e detalhes em amarelo. Em 2010, o design era igual à camisa número um, mas com as listras vermelhas e pretas horizontais substituídas pelas cores amarela e azul.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Flamengo 2 x 2 Palmeiras

Campeonato Brasileiro de 2017: O empate teve gosto amargo. Diego perdeu um pênalti que poderia ter dado a vitória ao time, que dominou mais o jogo. Márcio Araújo completou 200 partidas com a camisa rubro-negra. A torcida vaiou muito o técnico Zé Ricardo pelas substituições que fez.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Público: 14.223 pagantes / 15.103 presentes

Flamengo: Thiago, Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo (Berrío), Cuéllar e Diego; Éverton Ribeiro (Geuvânio), Guerrero e Everton (Mancuello). Técnico: Zé Ricardo.

Palmeiras: Jailson, Mayke, Mina, Luan e Michel Bastos (Keno); Bruno Henrique (Thiago Santos), Tchê Tchê; Róger Guedes, Willian (Borja) e Dudu. Técnico: Cuca.

Gols:
1º tempo: Pará (Flamengo), aos 7 min.; Willian (Palmeiras), aos 31 min.; Róger Guedes (Palmeiras), aos 42 min.; e Guerrero (Flamengo), aos 43 min.

Cartões amarelos: Márcio Araújo e Mancuello (Flamengo); Bruno Henrique, Mina, Luan, Borja, Michel Bastos, Tchê Tchê, Jailson, Thiago Santos e Dudu (Palmeiras).
Classificação na 15ª rodada: 4º colocado / 25 pontos.

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Acostumado a defender pênaltis de Cristiano Ronaldo, Diego Alves assume o gol do Fla

O paredão chegou. Acostumado a defender pênaltis de Messi e, principalmente, de Cristiano Ronaldo, Diego Alves, de 32 anos, deixou o Valencia, da Espanha, e assinou contrato com o Flamengo até o final de 2020. O novo goleiro foi formado na base do Botafogo-SP e, em 2004, se profissionalizou pelo Atlético-MG. Diego Alves poderá jogar o Brasileirão e a Sul-Americana, mas não jogará a Copa do Brasil porque as inscrições da competição já se encerraram.

domingo, 16 de julho de 2017

Cruzeiro 1 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: O empate mostrou mais uma vez a fragilidade do time, que tem bom elenco, mas não apresenta um padrão de jogo qualificado. A equipe ainda é muito inconstante.

Ficha técnica
Local: Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Público: 39.976 pagantes

Cruzeiro: Fábio, Lucas Romero, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Ariel Cabral, Lucas Silva (Nonoca), Elber (Sassá), Alisson e Thiago Neves; Rafael Sobis (Rafael Marques). Técnico: Mano Menezes.

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Márcio Araújo, Cuéllar (Mancuello) e Diego (Berrío); Éverton Ribeiro (Geuvânio), Guerrero e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
2º tempo: Everton (Flamengo), aos 8 min.; e Sassá (Cruzeiro), aos 14 min.

Cartões amarelos: Geuvânio (Flamengo); Lucas Silva, Rafael Sobis e Lucas Romero (Cruzeiro).
Classificação na 14ª rodada: 4º colocado / 24 pontos.

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Flamengo 0 x 1 Grêmio

Campeonato Brasileiro de 2017: O time perdeu pela primeira vez na Ilha do Urubu, e com a derrota caiu para a quarta posição na classificação geral. Foi a estreia de Geuvânio.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Público: 16.960 pagantes / 18.204 presentes

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Trauco (Mancuello); Márcio Araújo (Geuvânio), Cuéllar (Felipe Vizeu) e Diego; Éverton Ribeiro, Leandro Damião e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Grêmio: Léo, Edílson, Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur (Jailson), Ramiro, Luan (Rafael Thyere) e Fernandinho; Lucas Barrios (Everton). Técnico: Renato Gaúcho.

Gol:
1º tempo: Luan (Grêmio), aos 25 min.

Cartões amarelos: Mancuello e Trauco (Flamengo); Michel e Kannemann (Grêmio).
Classificação na 13ª rodada: 4º colocado / 23 pontos.

sábado, 8 de julho de 2017

Vasco 0 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: A vitória, em um jogo marcado pela violência da torcida do Vasco, levou o time à segunda colocação. Também acabou com um jejum do rubro-negro, que não vencia o rival em São Januário desde 1973. O destaque foi o meia Éverton Ribeiro.

Ficha técnica
Local: São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público: 18.328 pagantes / 19.622 presentes

Vasco: Martín Silva, Gilberto, Rafael Marques, Paulão e Henrique; Bruno Paulista (Andrey), Wellington, Yago Pikachu (Manga Escobar), Mateus Vital (Wagner) e Nenê; Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes.

Flamengo: Thiago, Rodinei, Rafael Vaz, Rhodolfo (Léo Duarte) (Rômulo) e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Éverton Ribeiro, Guerrero (Leandro Damião) e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Gol:
2º tempo: Everton (Flamengo), aos 19 min.

Cartões amarelos: Guerrero (Flamengo); Gilberto, Paulão, Luis Fabiano e Nenê (Vasco).
Classificação na 12ª rodada: 2º colocado / 23 pontos.

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Palestino (CHI) 2 x 5 Flamengo

Copa Sul-Americana de 2017 (2ª Fase): O time, que teve Diego, Guerrero e Trauco poupados, fez um péssimo primeiro tempo, mas no segundo acordou. Mesmo não jogando bem contra um time que voltou de férias, o Flamengo se impôs e, praticamente, garantiu a classificação para a próxima fase da competição. Rafael Vaz e Éverton Ribeiro marcaram seus primeiros gols com a camisa rubro-negra.

Ficha técnica
Local: San Carlos Apoquindo - Santiago (Chile)
Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Público: Não divulgado

Palestino: Darío Melo, Romo (Rosende), Toro, Vidal e Diego Torres; Fernández, Cereceda e Diego Gutiérrez; Arario (Tapia), Roberto Gutiérrez e Sebastián Pinto (Carmona). Técnico: Germán Cavalieri.

Flamengo: Thiago, Rodinei, Réver, Rafael Vaz e Renê; Cuéllar, Willian Arão (Rômulo) e Éverton Ribeiro; Berrío (Mancuello), Leandro Damião (Felipe Vizeu) e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
2º tempo: Réver (Flamengo), a 1 min.; Romo (Palestino), aos 4 min.; Vidal (Palestino), aos 11 min.; Berrío (Flamengo), aos 13 min.; Leandro Damião (Flamengo), aos 15 min.; Rafael Vaz (Flamengo), aos 36 min.; e Éverton Ribeiro (Flamengo), aos 43 min. de pênalti.

Cartão amarelo: Diego Torres (Palestino).

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Os 54 times da Copa Sul-Americana 2017

Esses são os 54 times que vão disputar a 16ª edição da Copa Sul-Americana, iniciada no dia 28 de fevereiro e que termina em 13 de dezembro. Com um novo formato, a competição, agora, dura o ano inteiro. O Flamengo e outros nove clubes que foram desclassificados da Libertadores entraram no torneio na segunda fase.
1ª linha, da esquerda para a direita: Alianza Lima (Peru), Arsenal de Sarandí (Argentina), Atlético Tucumán (Argentina), Atlético Venezuela (Venezuela), Bolívar (Bolívia), Boston River (Uruguai), Caracas (Venezuela), Cerro Porteño (Paraguai), Chapecoense (Brasil) e Comerciantes Unidos (Peru).
2ª linha, da esquerda para a direita: Corinthians (Brasil), Cruzeiro (Brasil), Danubio (Uruguai), Defensa y Justicia (Argentina), Defensor Sporting (Uruguai), Deportes Iquique (Chile), Deportes Tolima (Colômbia), Deportivo Anzoátegui (Venezuela), Deportivo Cali (Colômbia) e Deportivo Cuenca (Equador).
3ª linha, da esquerda para a direita: Estudiantes (Argentina), Estudiantes de Caracas (Venezuela), Everton (Chile), Flamengo (Brasil), Fluminense (Brasil), Fuerza Amarilla (Equador), Gimnasia y Esgrima (Argentina), Huracán (Argentina), Independiente (Argentina) e Independiente Medellín (Colômbia).
4ª linha, da esquerda para a direita: Juan Aurich (Peru), Junior (Colômbia), LDU Quito (Equador), Libertad (Paraguai), Liverpool (Uruguai), Nacional (Paraguai), Nacional Potosí (Bolívia), O'Higgins (Chile) e Olimpia (Paraguai).
5ª linha, da esquerda para a direita: Oriente Petrolero (Bolívia), Palestino (Chile), Patriotas (Colômbia), Petrolero (Bolívia), Ponte Preta (Brasil), Racing (Argentina), Rionegro Águilas (Colômbia), Santa Fe (Colômbia) e São Paulo (Brasil).
6ª linha, da esquerda para a direita: Sol de América (Paraguai), Sport (Brasil), Sport Huancayo (Peru), Sportivo Luqueño (Paraguai), Universidad Católica (Equador) e Universidad de Chile (Chile).

domingo, 2 de julho de 2017

Flamengo 2 x 0 São Paulo

Campeonato Brasileiro de 2017: Como diz a torcida, "caiu na Ilha, o Fla humilha". O time continua invicto na Ilha do Urubu, ainda não perdeu nenhum dos quatro jogos que fez no estádio. Contra o tricolor paulista, Guerrero e Diego fizeram dois golaços.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Público: 16.084 pagantes / 17.302 presentes

Flamengo: Thiago, Pará, Réver, Rhodolfo e Trauco (Renê); Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Éverton Ribeiro (Berrío) Guerrero e Everton (Matheus Sávio). Técnico: Zé Ricardo.

São Paulo: Renan Ribeiro, Araruna, Lugano, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei, Wesley (Denilson) e Petros; Marcinho (Wellington Nem), Lucas Pratto e Cueva (Shaylon). Técnico: Rogério Ceni.

Gols:
1º tempo: Guerrero (Flamengo), aos 37 min.; e Diego (Flamengo), aos 41 min.

Cartões amarelos: Everton (Flamengo); Cueva (São Paulo).
Classificação na 11ª rodada: 3º colocado / 20 pontos.

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Flamengo 2 x 0 Santos

Copa do Brasil (Quartas de final): O resultado na estreia da competição deixou o time em situação confortável para o jogo da volta, na Vila Belmiro. Cuéllar fez seu primeiro gol com a camisa rubro-negra.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro (Ilha do Urubu) - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 14.498 pagantes / 15.564 presentes

Flamengo: Thiago, Pará, Réver, Juan (Rafael Vaz) e Trauco; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego; Berrío (Vinicius Junior), Guerrero (Leandro Damião) e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota (Caju); Leandro Donizete, Renato e Lucas Lima; Bruno Henrique (Thiago Ribeiro), Kayke (Vitor Bueno) e Copete. Técnico: Levir Culpi.

Gols:
1º tempo: Everton (Flamengo), aos 27 min.
2º tempo: Cuéllar (Flamengo), aos 42 min.

Cartões amarelos: Márcio Araújo (Flamengo); Lucas Veríssimo (Santos).

domingo, 25 de junho de 2017

Bahia 0 x 1 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2017: O Flamengo venceu sem jogar bem, e com a vitória entrou no G-4. Éverton Ribeiro estreou com pouco brilho, mas participou do lance do gol.

Ficha técnica
Local: Arena Fonte Nova - Salvador (BA)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Público: 21.929 pagantes / 22.271 presentes

Bahia: Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Juninho, Matheus Sales, Allione (Régis Souza), Vinicius (Rodrigo Becão) e Zé Rafael; Edigar Junio (Mendoza). Técnico: Jorginho.

Flamengo: Thiago, Rodinei, Rhodolfo, Rafael Vaz e Trauco; Márcio Araújo, Willian Arão (Berrío) e Diego; Éverton Ribeiro (Cuéllar), Guerrero e Matheus Sávio (Vinicius Junior). Técnico: Zé Ricardo.

Gol:
2º tempo: Berrío (Flamengo), aos 28 min.

Cartões amarelos: Guerrero, Éverton Ribeiro e Rodinei (Flamengo); Lucas Fonseca e Matheus Sales (Bahia).
Cartões vermelhos: Lucas Fonseca e Jorginho (Bahia).
Classificação na 10ª rodada: 3º colocado / 17 pontos.