domingo, 28 de agosto de 2016

Chapecoense 1 x 3 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2016: A vitória levou o time à vice-lideramça da competição. O destaque do jogo foi o atacante Leandro Damião, que fez um gol de pênalti e deu passe para Mancuello marcar.

Ficha técnica
Local: Arena Condá - Chapecó (SC)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Público: 11.562 pagantes

Chapecoense: Danilo, Gimenez, Thiego, Filipe Machado e Dener Assunção; Gil, Josimar (Sérgio Manoel), Cleber Santana, Martinuccio (Lucas Gomes) e Hyoran (Arthur Maia); Kempes. Técnico: Caio Júnior.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão, Everton (Mancuello), Gabriel (Leandro Damião) e Diego (Cuéllar); Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
1º tempo: Diego (Flamengo), aos 9 min.; e Kempes (Chapecoense), aos 41 min.
2º tempo: Leandro Damião (Flamengo), aos 25 min. de pênalti; e Mancuello (Flamengo), aos 45 min.

Cartões amarelos: Martinuccio, Rafael Ramos, Josimar e Gimenez (Chapecoense).
Classificação na 22ª rodada: 2º colocado / 40 pontos.

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Figueirense 4 x 2 Flamengo

Copa Sul-Americana de 2016: Começou mal. O time recheado de reservas - oito titulares foram poupados - foi presa fácil para o adversário na estreia. A defesa desentrosada falhou muito. Para chegar às oitavas de final da competição, o Flamengo terá que ganhar por dois a zero e evitar tomar gols.

Ficha técnica
Local: Estádio Orlando Scarpelli - Florianópolis (SC)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Público: 5.119 pagantes / 5.428 presentes

Figueirense: Gatito Fernández, Ayrton, Marquinhos, Werley e Marquinhos Pedroso; Elicarlos, Jackson Caucaia, Ferrugem (Yago) e Carlos Alberto (Élvis); Lins (Pará) e Rafael Moura. Técnico: Tuca Guimarães (interino)

Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Donatti, Juan e Chiquinho; Cuéllar (Ronaldo), Willian Arão, Alan Patrick e Mancuello (Adryan); Marcelo Cirino (Fernandinho) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
1º tempo: Rafael Moura (Figueirense), aos 9 min.; Alan Patrick (Flamengo), aos 12 min.; Marquinhos (Figueirense), aos 17 min.; e Rafael Moura (Figueirense), aos 26 min.
2º tempo: Rafael Moura (Figueirense), aos 3 min.; e Marcelo Cirino (Flamengo), aos 30 min.

Cartões amarelos: Juan, Cuéllar e Ronaldo (Flamengo); Rafael Moura, Marquinhos e Élvis (Figueirense).

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Os 47 times da Copa Sul-Americana 2016

Esses são os 47 times que vão disputar a 15ª edição da Copa Sul-Americana, inciada em 09 de agosto. A competição termina no dia 07 de dezembro.
1ª linha, da esquerda para a direita: Atlético Nacional (Colômbia), Aucas (Equador), Banfield (Argentina), Barcelona (Equador), Belgrano (Argentina), Blooming (Bolívia), Bolívar (Bolívia), Cerro Porteño (Paraguai), Chapecoense (Brasil) e Coritiba (Brasil).
2ª linha, da esquerda para a direita: Cuiabá (Brasil), Deportes Tolima (Colômbia), Deportivo Anzoátegui (Venezuela), Deportivo La Guaira (Venezuela), Deportivo Lara (Venezuela), Deportivo Municipal (Peru), Emelec (Equador), Estudiantes de La Plata (Argentina) e Fenix (Uruguai).
3ª linha, da esquerda para a direita: Figueirense (Brasil), Flamengo (Brasil), Independiente (Argentina), Independiente Medellín (Colômbia), Jorge Wilstermann (Bolívia), Junior (Colômbia), Lanús (Argentina), Libertad (Paraguai) e Montevideo Wanderers (Uruguai).
4ª linha, da esquerda para a direita: O'Higgins (Chile), Palestino (Chile), Peñarol (Uruguai), Plaza Colonia (Uruguai), Real Garcilaso (Peru), Real Potosí (Bolívia), San Lorenzo (Argentina), Santa Cruz (Brasil) e Santa Fe (Colômbia).
5ª linha, da esquerda para a direita: Sol de America (Paraguai), Sport (Brasil), Sport Huancayo (Peru), Sportivo Luqueño (Paraguai), Universidad Católica (Chile), Universidad Católica (Equador), Universidad de Concepción (Chile), Universitario (Peru), Vitória-BA (Brasil) e Zamora (Venezuela).

domingo, 21 de agosto de 2016

Flamengo 2 x 1 Grêmio

Campeonato Brasileiro de 2016: O meia Diego já marcou na estreia e o atacante Leandro Damião, começando como titular, também deixou o seu. A vitória levou novamente o rubro-negro ao G-4.

Ficha técnica
Local: Estádio Mané Garrincha - Brasília (DF)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Público: 22.552 pagantes

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, Cuéllar e Diego (Mancuello); Gabriel (Alan Patrick), Leandro Damião (Felipe Vizeu) e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Grêmio: Marcelo Grohe, Wallace Oliveira (Lincoln), Geromel, Wallace e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Douglas, Everton (Guilherme) e Pedro Rocha; Miller Bolaños (Henrique). Técnico: Roger Machado.

Gols:
1º tempo: Leandro Damião (Flamengo), aos 29 min. de pênalti.
2º tempo: Diego (Flamengo), aos 25 min.; e Henrique (Grêmio), aos 26 min.

Cartões amarelos: Leandro Damião e Mancuello (Flamengo); Geromel (Grêmio).
Classificação na 21º rodada: 4º colocado / 37 pontos.

sábado, 13 de agosto de 2016

Sport 1 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2016: A estreia de Leandro Damião foi com derrota na primeira rodada do returno da competição. O time não jogou bem e o resultado o tirou do G-4.

Ficha ténica
Local: Arena Pernambuco - São Lourenço da Mata (PE)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Público: 21.793 pagantes / 25.019 presentes

Sport: Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Rodney Wallace; Paulo Roberto, Rithely, Everton Felipe (Apodi), Diego Souza (Edmílson) e Gabriel Xavier (Rodrigo Mancha); Rogério. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho (Adryan); Márcio Araújo (Alan Patrick), Willian Arão e Mancuello; Marcelo Cirino (Leandro Damião), Guerrero e Everton. Técnico: Zé Ricardo.

Gol:
1º tempo: Edmílson (Sport), aos 24 min.

Cartões amarelos: Willian Arão, Everton e Guerrero (Flamengo); Rodney Wallace e Ronaldo Alves (Sport).
Classificação na 20ª rodada: 6º colocado / 34 pontos.

sábado, 6 de agosto de 2016

Flamengo 1 x 0 Atlético-PR

Campeonato Brasileiro de 2016: Com a vitória, a terceira no Espírito Santo, o time ficou na liderança da competição por algumas horas e encerrou bem o turno.

Ficha técnica
Local: Estádio Kleber Andrade - Cariacica (ES)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Público: 17.139 pagantes / 19.036 presentes

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão e Mancuello (Cuéllar); Everton, Guerrero (Felipe Vizeu) e Fernandinho (Thiago Santos). Técnico: Zé Ricardo.

Atlético-PR: Santos, Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani e Vinícius (Lucas Fernandes); Marcos Guilherme (Luciano Cabral), Pablo e Walter (André Lima). Técnico: Paulo Autuori.

Gol:
2º tempo: Mancuello (Flamengo), aos 15 min.

Cartões amarelos: Chiquinho e Willian Arão (Flamengo); Pablo, Léo, Santos e Hernani (Atlético-PR).
Classificação na 19ª rodada: 4º colocado / 34 pontos.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Santos 0 x 0 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2016: O time dominou o jogo, mas mesmo com o adversário desfalcado de cinco titulares não conseguiu vencer. O empate tirou a possibilidade de o Flamengo entrar no G-4.

Ficha técnica
Local: Arena Pantanal - Cuiabá (MT)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Público: 21.814 pagantes

Santos: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini, Vitor Bueno (Yuri) e Jean Mota (Joel); Copete e Rodrigão (Elano). Técnico: Dorival Júnior.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick (Mancuello); Marcelo Cirino (Fernandinho), Guerrero e Everton (Adryan). Técnico: Zé Ricardo.

Cartões amarelos: Everton e Rafael Vaz (Flamengo); Caju e Luiz Felipe (Santos).
Classificação na 18ª rodada: 6º colocado / 31 pontos.

domingo, 31 de julho de 2016

Coritiba 0 x 2 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2016: A vitória manteve o time próximo do G-4 e dos líderes da competição, O Flamengo é a equipe com o melhor aproveitamento fora de casa. O zagueiro argentino Donatti fez sua estreia.

Ficha técnica
Local: Estádio Couto Pereira - Curitiba (PR)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Público: 16.177 pagantes

Coritiba: Wilson, Ceará (Bernardo), Luccas Claro, Juninho e Carlinhos; Edinho, João Paulo, Alan Santos (Iago Dias) e Raphael Veiga (Felipe Amorim); Kazim e Kleber. Técnico: Pachequinho.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Juan (Donatti), Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Alan Patrick (Cuéllar), Mancuello (Marcelo Cirino) e Everton; Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
2º tempo: Guerrero (Flamengo), aos 6 min.; e Marcelo Cirino (Flamengo), aos 43 min.

Cartões amarelos: Guerrero e Pará (Flamengo); Luccas Claro (Coritiba).
Classificação na 17ª rodada: 5º colocado / 30 pontos.

sexta-feira, 29 de julho de 2016

Nova segunda camisa do Flamengo homenageia o título Mundial de 1981

O novo segundo uniforme do Flamengo é uma homenagem ao título do Mundial de 1981. O design do Manto Sagrado é inspirado no mesmo usado na final, em Tóquio, contra o Liverpool. A camisa predominantemente branca traz as listras rubro-negras no ombro, e as três faixas da Adidas saem dos ombros e passam para as laterais. O novo Manto deve estrear contra o Sport, no dia 13 de agosto.

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Flamengo 2 x 1 América-MG

Campeonato Brasileiro de 2016: O time não fez um bom jogo contra o lanterna da competição. Fez o mínimo para vencer o fraco adversário e se manter próximo do G-4.

Ficha técnica
Local: Estádio Kleber Andrade - Cariacica (ES)
Árbitro: Rodrigo Batista Raposo (DF)
Público: 14.966 pagantes / 16.523 presentes

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Juan e Chiquinho (Rafael Vaz); Márcio Araújo, Willian Arão, Mancuello e Alan Patrick (Adryan); Fernandinho (Gabriel) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

América-MG: João Ricardo, Pablo, Alison, Roger e Bruno Teles (Danilo); Leandro Guerreiro, Juninho, Osman, Gilson e Alan Mineiro (Claudinei); Victor Rangel (Michael). Técnico: Enderson Moreira.

Gols:
2º tempo: Guerrero (Flamengo), aos 10 min.; Alan Patrick (Flamengo), aos 14 min. de pênalti; e Juninho (América-MG), aos 31 min.

Cartões amarelos: Alex Muralha (Flamengo).
Classificação na 16ª rodada: 6º colocado / 27 pontos.

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Diego usará o número 35 para homenagear a idade dos filhos e os títulos do Mundial e da Libertadores

Diego, de 31 anos, que encantou o Brasil fazendo dupla com Robinho no Santos campeão brasileiro em 2002, assinou contrato com o Flamengo por três temporadas. O meia estava no Fenerbahçe, da Turquia, e volta ao futebol brasileiro após 12 anos no futebol europeu. A maior contratação do Flamengo no ano usará a camisa 35 numa referência à idade dos dois filhos, de 3 e 5 anos, e aos 35 anos dos dois títulos mais importantes da história do Flamengo: o Mundial e a Libertadores.

sábado, 16 de julho de 2016

Botafogo 3 x 3 Flamengo

Campeonato Brasileiro de 2016: O empate, no Estádio Luso-Brasileiro, rebatizado de Arena Botafogo, na Ilha do Governador, teve gosto amargo para o Flamengo, e o principal culpado foi o recém-efetivado técnico Zé Ricardo. Sua mania de recuar o time para garantir o resultado foi um tiro no pé. O rubro-negro só não perdeu a partida porque o Botafogo não teve pernas para virar.

Ficha técnica
Local: Estádio Luso-Brasileiro - Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)
Público: 9.989 pagantes / 11.692 presentes

Botafogo: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson e Diogo Barbosa; Rodrigo Lindoso, Airton, Bruno Silva (Salgueiro) e Camilo; Rodrigo Pimpão (Neilton) e Sassá (Canales). Técnico: Ricardo Gomes.

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Mancuello (Fernandinho); Marcelo Cirino (Canteros), Guerrero e Everton (Cuéllar). Técnico: Zé Ricardo.

Gols:
1º tempo: Everton (Flamengo), aos 23 min.; e Diogo Barbosa (Botafogo), aos 33 min.
2º tempo: Jorge (Flamengo), aos 11 min.; Guerrero (Flamengo), aos 23 min.; Neilton (Botafogo), aos 34 min.; e Salgueiro (Botafogo), aos 37 min,

Cartões amarelos: Jorge, Everton, Guerrero e Fernandinho (Flamengo); Airton e Emerson (Botafogo).
Classificação na 15ª rodada: 6º colocado / 24 pontos.